quarta-feira, 8 de novembro de 2017

OPORTUNIDADE DE CONSULTORIA NO PROJETO ALIANÇA NACIONAL DOS ADOLESCENTES – CAMPANHA ANA

A Associação Barraca da Amizade, organização não governamental criada em 1987 e situada em Fortaleza(
CE) , tem como principal Missão: Mobilizar e fortalecer as capacidades das comunidades, instituições, profissionais e jovens assim como,  fomentar a garantia dos direitos humanos no Brasil considerando também a transversabilidade da pauta LGBT e os princípios de atuação em rede.
Membro da coordenação colegiada da Rede ECPAT Brasil, A Associação Barraca da Amizade, assumiu desde agosto de 2012 a execução do projeto Campanha ANA, Aliança Nacional dos Adolescentes que tem como objetivo de fortalecer a capacidade de incidência política e de autoproteção dos adolescentes e jovens no Brasileiros.
Nesse sentido, a entidade membro da coordenação da Rede ECPAT Brasil, e executora do projeto Campanha Ana, abre seleção publica para contratação de Consultoria para Avaliação Intermediária da execução das ações e seu impacto conforme descritos abaixo e nos anexos da referida seleção.
O presente termo de referência visa à contratação de uma consultoria para subsidiar e aferir os impactos dos 18 meses de execução do projeto.  

A avaliação intermediária terá em consideração a relevância, níveis de eficiência, e
Efetividade. Além disso, a avaliação proverá recomendações para melhorar a execução e consequentemente a possibilidade de alcançar os objetivos de desenvolvimento do projeto. Em este contexto, a avaliação examinará especificamente os seguintes aspectos:            

a-       Mudanças no contexto e revisão de supostos (relevância);
b-       Resultados em termos de produtos (outputs) alcançados em relação aos objetivos projetados (eficiência);
c-        Alcance dos objetivos e indicadores dos resultados projetados (Efetividade);
d-       Determinação preliminar dos resultados de impacto (efetividade);
e-       Apresentar um esboço da avaliação intermediária à Associação Barraca da Amizade para algumas considerações antes da finalização do documento final.

PERFIL
O(s) consultor(es) designados para este trabalho devem haver demonstrado conhecimento da presente teoria e prática de avaliação, além de vários anos de experiência na avaliação de projetos de desenvolvimento, preferencialmente aqueles relacionados aos direitos sexuais de crianças e adolescentes LGBTI, trabalho em rede, educação em auto proteção e participação de adolescentes com um adequado entendimento da realidade do Brasil.
Consultores com (ou equipes de consultores que combinem) as seguintes qualificações:
·         Experiência em projetos que trabalhem com diversas metodologias de pesquisa
·         (quantitativos e qualitativos);
·         Trabalhos realizados com base em diagnósticos relacionados às políticas de
·         proteção da |infância e LGBT são encorajados a aplicar-se.
·         O consultor/equipe de consultores deve ser fluente, falado e escrito, na língua
·         portuguesa.

Apresentação de propostas e critérios de seleção.
Consultores/Equipes de consultores devem apresentar uma proposta à Associação Barraca da Amizade detalhando de forma breve:
(i)            A metodologia para conduzir os trabalhos especificados neste trabalho de consultoria (Max. 2 páginas);
(ii)           Uma proposta de plano de trabalho (Max. 5 páginas);
(iii)          O nome e CV dos consultores individuais que serão indicados ao trabalho;
(iv)           Número estimado de dias que cada consultor trabalhará nesta prestação de serviços; e
(v)              Um orçamento detalhado e uma indicação do custo total do programa de trabalho proposto.
A Associação Barraca da Amizade selecionará a melhor proposta em consulta a agência executora. A Associação Barraca da Amizade em nenhuma circunstância aumentará o valor acordado pela consultoria, uma vez assinado o contrato.
Prazo para envio das propostas:
 As propostas devem ser apresentadas até o dia 30 de novembro de 2017. As propostas podem ser submetidas eletronicamente ao e-mail assbarracadaamizade@gmail.com com o assunto “Proposta de Avaliação Intermediária”.
Critérios de seleção:
As propostas serão analisadas e receberão uma nota após avaliação dos seguintes itens:
·         Plano de trabalho com metodologia de avaliação e atividades a realiza;
·         Currículos e referências dos avaliadores;
·         Orçamento apresentado.
Espera-se que a consultoria comece suas atividades em Janeiro de 2018. Tendo o prazo de execução de sessenta (60) dias contados a partida da assinatura do contrato. 
O Detalhamento das metas do projeto, históricos, marco lógico valores e outras informações se encontram nos anexos a esse chamamento e podem ser acessados no link (Anexos Clique aqui)


quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Entrevista: Nem Mulher, nem homem ... Pessoas Não Binárias e sua forma de existir no mundo!

Estamos acostumados a pensar e ver o mundo relacionando os opostos:  ele, ela, sol e lua, garfo e faca e etc. Mas não é todas as pessoas que se encaixam nesse padrão normativo que   há em nossa sociedade.  E aí que parece que dá um nó na cabeça.  Na cabeça de quem não se permite pensar fora da norma.
Foi querendo pensar para além da norma que a equipe da campanha Ana conversou para entrevista do boletim de setembro Com Aroma.
Aroma é uma pessoa não-binária que nos contou sobre sua trajetória e descoberta.  

Aroma Bandeira é feminista, cineclubista, está sendo educadora social, pretende ser anarquista, é uma pessoa não-binária, bissexual e militante LGBTQ. Para Aroma Bandeira cada lugar desses representa uma construção em mim, não foi me dada a priori. Aroma foi se observando, se investigando, e daí construído os seus lugares que tem como referência.


Veja a entrevista no clicando no link  Clique aqui 




sábado, 30 de setembro de 2017

Você tá OK? Então bora conversa! Criando redes solidariedade!

Gente, lá na minha escola tivemos uma aula bem marcante
e muito esclarecedora...
A minha professora chegou falando de uma campanha chamada “setembro amarelo”.
Eu achei super estranho, nunca tinha ouvido falar dessa campanha. alias  vi algumas coisas, mas  não dei muita bola.  depois dessa conversa, fiquei bastante curiosa em saber do que se trata tal campanha. Minha professora começou explicado que “setembro amarelo” é a campanha de conscientização sobre prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.
A minha professora disse que o suicídio é um problema de saúde pública. Ela nos contou que 32 brasileiros se suicidam por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer.  O suicídio tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas.
Quando ela falou isso me lembrei de uma história que aconteceu no ano passado na escola.
Me lembrei da Julia, uma menina que estudou no passado aqui na escola. Julia, quando entrou na escola, todo mundo era amigo dela, até que um dia ela revelou sua orientação sexual, dizendo para todo mundo que era lésbica. Foi o maior bafafá na escola. Eu achei a atitude super massa!!!
Nós temos direito de amar quem quisemos!!!
Mas não foi isso que a maioria das pessoas achou, as pessoas se afastaram dela e, fora isso, começaram a ter atitudes preconceituosas. Ela foi ficando cada vez mais isolada e pouco ia para escola.
Até que um dia recebemos a notícia que Júlia estava no hospital e que ela tinha tentado se suicidar. Todo mundo ficou chocando, e triste. A maioria do pessoal da turma foi visitar a Júlia no hospital, algumas pessoas até pediram desculpa.
Na época fiquei me perguntado por que Julia tinha feito isso???
E agora eu sei, que aconteceu com a Júlia.
A minha professora falou que os adolescentes LGBT têm uma das maiores taxas de tentativas de suicídio. E isso deve-se a cultura heteronormativa e à homofobia institucionalizada, incluindo as campanhas políticas contra direitos civis e proteções para as pessoas LGBT como as campanhas políticas recentes, como por exemplo a cura gay. Fora isso, geralmente os adolescentes LGBT são rejeitados pelos pais, pela família e/ou pela sociedade. 
Por isso, é importante que todos nós sejamos contra a LGBTfobia!!!
 A questão é muito seria gente,  e  não podia  terminar  esse poste  aqui no blog sem dizer
 que  tô disponível para  conversa.  Se não tiver legal  pode mandar mensagem  que  o mais importante  é a gente se ajudar!!!

Se  não for comigo,  alguém  que  você confia  para desabafar.  É IMPORTANTE CRIARMOS REDES  INFORMAIS  OU  COM OS OUTROS DE ESPAÇO INSTITUCIONAIS PARA NOS APOIAR. 

Projeto Co-Financiado União Europeia

Projeto Co-Financiado União Europeia
Os conteúdos deste blog foi elaborado com a participação financeira da União Europeia. O seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seus realizadores, não podendo, em caso algum, considerar que reflita a posição da União Europeia

...

Visitas