A Campanha

A Campanha ANA - Aliança Nacional dos Adolescentes é uma iniciativa das redes
ECPAT Brasil e Comitê Nacional de Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes com o objetivo de ecoar as vozes de crianças, adolescentes e jovens.
A campanha ANA teve início em 2012 através de ações de jovens ligados as redes de enfrentamento à violência sexual no território brasileiro.  O propósito da Campanha ANA (Aliança Nacional dos Adolescentes) é fortalecer a participação nacional de adolescentes no combate as violências relacionadas aos seus direitos sexuais, por meio de ações de comunicação da educomunicação para a autoproteção dos seus direitos.
Para construção de empatia que facilite a sensibilização de adolescentes, ANA que é a sigla do projeto, também se tornou uma personagem que compartilha vivências ilustrando a partir de situações hipotéticas, que fazem parte do cotidiano dos adolescentes brasileiros possíveis formas de autoproteção.  Através das suas “histórias”, em São Lourenço da Mata (região metropolitana de Recife, Pernambuco), ANA compartilha através de seu blog sua militância em defesa dos direitos humanos e sempre traz de forma prática alguma maneira de enfrentar e/ou questionar problemas e questões que os adolescentes e jovens podem se deparar no dia a dia.
Para a concretização das ações de comunicação, da educomunicação na defesa e na autoproteção dos direitos sexuais, a Campanha ANA foca  sua incidência na produção de conteúdos (envolvendo sempre adolescentes e jovens nessa produção) e na difusão deles por meio da internet, em uma página no Facebook, BlogTwitter, Instagram e na produção de Boletim mensal, enviados por e-mail e mais recentemente um canal de vídeos, além das ações presencias como seminários, oficinas, encontros e formações.    
Ao longo de quatro anos de existência tivemos diversos parceiros dos quais citamos, a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da Republica, o Instituto C&A a Childhood Brasil e o Conselho Nacional dos Direitos de Crianças e Adolescentes. Assumiram a execução institucional da Campanha o Coletivo Mulher Vida (2012-2013) e a Associação Barraca da Amizade (2013  até agora com perspectivas concretas até 2018). A Campanha ANA, a cada ano, procura se renovar e enfatizar garantias, ainda frágeis, na luta pelos direitos humanos e sexuais de meninas e meninos. Essa nova fase da Campanha ANA dará ainda mais ênfase a questão LGBTI, através dos espaços virtuais, oficinas em escolas da rede pública em Fortaleza e região metropolitana e difusão nas ONG’s da Rede ECPAT Brasil. Tudo isso com o intuito de fortalecer as identidades e combater a homofobia, lesbofobia e transfobia, que muitas vezes crianças e adolescentes sofrem, nos espaços institucionais. Para essa nova fase, a campanha contará com o cofinanciamento da União Europeia.
Venha somar forças conosco, na promoção dos direitos sexuais LGBTI.  Veja abaixo um pouco da nossa caminhada. Qualquer outra informação é só entrar em contato pelo seguinte e-mail: ana.movimento@gmail.com   

Nossa equipe:
Coordenação do Projeto: Lídia Rodrigues
Secretária executiva: Labelle Rawbom
Designer: Ed Borges
    Assessores de conteúdo: Paula Tárcia e Rosana França
Assessor de Comunicação: Rodrigo Corrêa





 LINHA DO TEMPO DA CAMPANHA ANA:
 Um resumo de nossa historia.


Em 2012 ano em que foi criada, a campanha ANA firmou parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República SDH que possibilitou potencializar suas ações relacionados a defesa dos direitos de crianças e adolescentes no contexto de grandes obras e mega eventos com o slogam “Conectad@s por uma copa sem violência sexual” , culminando em um seminário nacional com  organizações  sociais   que atuam  na defesa dos direitos de meninas e meninos.
Em 2013 a Campanha assume mais um ciclo de execução contando com a parceria do Instituto C&A durantes três anos.
Neste ciclo, além do fortalecimento das ações virtuais, foi intensificado a interação com escolas públicas e a uma publicação de um guia de autoproteção para adolescentes. O propósito foi fortalecer as produções de conteúdos pelos próprios adolescentes e possibilitar um espaço de intercâmbio das experiências locais de desenvolvimento da Campanha com experiências nacionais e internacionais como a criação do grupo focal.  

Em 2014 além de manter as atividades foi criado a série de vídeos “Entre em campo pelos direitos” com três vídeos para sensibilizar e orientar população em geral sobre a defesa dos direitos de crianças e adolescentes e os impactos dos megas eventos.   Também foi realizado uma Oficina com organizações e movimentos que tem uma expertise em relação a promoção e incentivo da participação infanto-juvenil, o que gerou uma nova publicação organizando uma metodologia de participação juvenil e web ativismo lançada no ano seguinte.
 Em 2015   como forma de também de comemorar os 25 anos do ECA (estatuto de criança e do adolescente a construção da metodologia de participação elabora no ano anterior, foi posta em pratica no encontro nacional de imersão com 40 adolescentes e jovens sobre enfrentamento à violência sexual, participação e web ativismo. O que possibilitou também que adolescentes e jovens multiplicassem em suas localidades o conhecimentos e reflexões adquiridos na formação da Campanha ANA.


  Como forma de compartilhar os conhecimentos adquiridos aos longo 4 anos da existência da campanha Ana, também foi organizado dois encontros de difusão reunindo em Pernambuco organizações sociais do Norte e Nordeste e no Rio de Janeiro com organizações do sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

 Para agradecer a adesão do público no vários processos de mobilização da campanha, e mobilizar novas pessoas, no fim deste ano foi realizado um concurso cultural com o lema “conectad@s na autoproteção” com sorteio de brindes nas rede sociais.
 

Em 2016 a campanha reformula suas pautas de incidência através do que foi percebido ao longo dessa caminhada. Essa nova fase do projeto tem por objetivo Fortalecer a capacidade de incidência na defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes LGBTI das organizações filiadas à Rede ECPAT Brasil e será  co-financiado pela União Europeia .

Venha você também se juntar a essa caminha.  Saiba como apoiar clicando aqui




Projeto Co-Financiado União Europeia

Projeto Co-Financiado União Europeia
Os conteúdos deste blog foi elaborado com a participação financeira da União Europeia. O seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seus realizadores, não podendo, em caso algum, considerar que reflita a posição da União Europeia

...

Visitas